Como evitar a Osteoporose? - Patrícia Peres

Como evitar a Osteoporose?

Ginecologia

Como evitar a Osteoporose?

A osteoporose é uma doença silenciosa que se caracteriza pela diminuição de massa óssea, com o desenvolvimento de ossos ocos, finos e de extrema sensibilidade, tornando-os mais sujeitos a fraturas. Está relacionada ao processo de envelhecimento.

osso, além de promover sustentação ao nosso organismo, é a fonte de cálcio, necessária para a execução de diversas funções como os batimentos cardíacos e a força muscular. É uma estrutura viva que está sendo sempre renovada. Essa remodelação acontece diariamente em todo o esqueleto, durante a vida inteira.

osteoporose paty

Os nossos ossos recebem forte influência do estrogênio, um hormônio feminino, mas que também está presente nos homens, só que em menor quantidade. Este hormônio ajuda a manter o equilíbrio entre a perda e o ganho de massa óssea.

menopausa-300x208

Por este motivo, as mulheres são as mais atingidas pela doença, uma vez que, na menopausa, os níveis de estrogênio caem bruscamente. Com esta queda, os ossos passam a se descalcificar e se tornam mais frágeis. De acordo com estatísticas, a osteoporose afeta um homem para cada quatro mulheres.

 

Os locais mais comuns atingidos pela osteoporose são a espinha (vértebras), a bacia fratura
(fêmur), o punho (rádio) e o braço (úmero)
. Destas, a fratura mais perigosa é a do colo do fêmur. Um quarto dos pacientes que sofrem esta fratura morrem dentro de 6 meses.

 

Muita dor nas costas e diminuição de estatura podem representar fraturas vertebrais da osteoporose. Preste atenção!

Estima-se que no Brasil a osteoporose atinja 10 milhões de pessoas, sendo que 75% desconhecem que possuem a doença. Ocorrem 2 milhões de fraturas por ano e causa 200 mil óbitos. Portanto, a osteoporose é um dos grandes problemas de saúde pública e impõe uma carga muito grande para os pacientes e suas famílias.

O ginecologista, como especialista da mulher, tem a oportunidade de diagnosticar precocemente a doença através da identificação dos fatores de risco e solicitando um exame chamado DENSITOMETRIA ÓSSEA.  densitometriaossea

Outros exames podem ser solicitados, para avaliar o metabolismo, como dosagem de vitamina D, cálcio, fósforo, fosfatase alcalina, paratormônio, calciúria, hemograma, provas de função hepática.

 

 

osteoporose2

OSTEOPOROSE PATY2

CONSULTE SEMPRE SEU MÉDICO!

Fontes: Sociedade Brasileira de Endocrinologia, Sociedade Brasileira de Ginecologia

drapatriciaperes

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.